arte, barbárie, descoberta, desespero, deus, economia, escândalo, estados unidos, ironia, modernidade, obituário, opinião, passado, Politica, reflexão, religião, trabalho, transcendência

Litania para o capital

Fuçando nos arquivos mais recônditos deste HD, acabei encontrando a brincadeira que segue abaixo. Foi escrita quando eu estava na faculdade (e, aliás, este HD nem fabricado era), para provocar meus colegas corretores da Bovespa, que andavam um tanto nervosos, conseqüência de alguma dessas crises por aí.

Lembro-me particularmente de um desses meus amigos, a quem perguntei, por pura gaiatice, já sabendo a verdade, se a corda estava apertando demais o pescoço da empresa em que ele trabalhava. (A tal empresa foi absorvida por outra bem maior, poucos dias depois.)

Pois bem, a resposta do rapaz foi adorável: “Agora, só resta rezar.”

Passei o dia imaginando como rezariam os colegas do rapaz, logo antes da abertura dos negócios, à espera do retinir do sininho. Seria como uma grande celebração, engravatados de joelhos, mãos unidas, ar de introspecção. Aos poucos, vai se erguendo uma voz coletiva, um grande uníssono, para este que, em nosso século, tomou o lugar que já foi de Deus e outros deuses.

Enfim, segue abaixo um esboço do que clamariam os infelizes. Já vou avisando a Duncan Niederauer que cobrarei os direitos autorais se ele quiser adotar a nova oração nas cerimônias da NYSE.

.

Litania para o capital

.

Ó Vós, que permitis, divinamente,
A implosão de todo patrimônio!

.

  • Concedei-nos cobrir as perdas.

.

Ó Vós, que sois pai de todas as Bolsas,
idolatria de derivativos!

.

  • Concedei-nos cobrir as perdas.

.

Ó Vós, que distribuís as sementes
da fortuna e da fome, cegamente!

.

  • Concedei-nos cobrir as perdas.

.

Ó Vós que podeis prever o porvir
daqueles que abdicam de consumir!

.

  • Concedei-nos cobrir as perdas.

.

Vós que negais os frutos do trabalho,
escutai as preces do investidor:

.

  • Concedei-nos cobrir as perdas!
Anúncios
Padrão

3 comentários sobre “Litania para o capital

  1. uma empresa se funde a outra,a maior engole as menores,as falidas são adquiridas reerguidas e vendidas, maquinas substituem o Homem,e de que vivem esses gigantes? dos Homens sem emprego pra pedir dinheiro? pra comprar a crédito? pouco importa, se faltar caixa,se não houver reservas, se tá tudo no vermelho a economia mundial vai pro espaço, os G7, os G20, os G1000 fornecem adubo pra nova safra,e tudo recomeça roda gigante da insensatez e os que pagam impostos e trabalham pra viver perguntam de onde de um dia pro outro tanta grana nos cofres os governos,tanta grana pra socorrer os maus gestores da ganância e por que nunca essa grana é usada pra criar o Maravilhoso Utópico Mundo sem pobres, sem famintos e analfabetos? eu sei, você sabe,eles sabem só não sabem os pobres, os famintos, os analfabetos, e vamos em frente que a guerra no Iraque continua e o Lula cria mais um feriado nacional pra homenagear Zumi um herói duvidoso e mesmo se herói fosse seria igual a milhões de heróis pobres, famintos, analfabetos, que tal todos os dias do anos sejam feriados assim ninguém trabalha, não circula grana, não haverá mais ganância e tamos conversados

    Curtir

  2. Alba disse:

    Diego,

    Perfeita, a Litania. Se muita gente não fosse sofrer ao redor do mundo, inclusive aqui, eu acharia graça de certos paradoxos, como o já muito manjado “Primado do mercado”, que orientou decisões econômicas e políticas por tanto tempo frente à insensatez do mesmo mercado. E o mais engraçado é que nem se trata de acontecimento inédito, já que essas crises são cíclicas.

    Iosif,

    Desculpe por não concordar com a parte de seu texto em que diz que o feriado de Zumbi é inútil. Na verdade, por mais que haja uma discussão das mais polêmicas sobre as cotas para negros, por exemplo, acho que sempre é útil e necessário discutir o racismo no Brasil, com todas as dificuldades de precisar este racismo, inclusive na linguagem.

    Abraço

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s