Uncategorized

Seção versos subcutâneos: O não-nós

Aleijadinho
O não-nós

As estátuas de Aleijadinho jamais terão câncer:
As imagens de santos, contorcidas de dor.
As estátuas de Aleijadinho de trezentos anos
Que meus netos, um dia, já sem meu nome,
Contemplarão.

As campinas amanhã serão verdes de outra grama
Com a mesma sombra, mas de outras árvores
E o canto idêntico de pássaros novos.
As cidades enormes serão habitadas
Mas não por mim.

A pedra fria, a terra dura, o tão concreto
Não têm por que ter medo de putrefação.
Nem vêem passar o tempo e as idades
Como nós, que sonhamos e sofremos
E também amamos.

Este mundo é nosso: uma posse, um quintal
É chão para abrir o novelo das vidas
Mas pertence a um não-nós tão absoluto
Que é dono de um mundo que não lhe pertence.
Só será Deus enquanto for Homem.

Anúncios
Padrão

4 comentários sobre “Seção versos subcutâneos: O não-nós

  1. Bianca disse:

    Olá Paulo!Experimente utilizar o BLOCKQUOTE, é aquele sinalzinho de aspas, que você encontra na tela de edição e criação dos posts, logo acima, no canto esquerdo.Que eu saiba, é a única maneira prática, de se usar um recuo.Para personalizar mesmo, só alterando a template original do blog, no código html, e isso já requer um conhecimento maior, além de ser bem chatinho.:)Não custa experimentar não é?Um abraço, e obrigada pela visita!

    Curtir

  2. Bianca disse:

    Em tempo: eu utilizo o modo HTML para escrever, mas você pode utilizar o modo ESCREVER. Lá você pode optar por centralizar o texto, mantê-lo à esquerda ou à direita.

    Curtir

  3. Cris disse:

    oi, paulo. desculpe, tentei ler sem olhar e não consegui…:o) esse poema é seu? porque achei que é poesia da melhor qualidade. um beijo e volte sempre!

    Curtir

  4. eduardo duzera disse:

    Poxa muito bom esse poema!Nasci a 7km de Congonhas do Campo, aonde estão localizados o profetas de Aleijadinho, entre outras obras. Aprendi a admirá-las através de meus pais, que provavelmente aprederam com seus ancestrais… talvez seja um exeplo vivo de “O não-nós”… enfim, muito bom o texto. muito bom mesmo.abs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s